Simulador Minha Casa Minha Vida

O Simulador Minha Casa Minha Vida é um dos mais usados em todo o país, pois permite que mesmo antes de contratar o financiamento, você fique sabendo quanto irá gastar nas parcelas mensais e possa, assim, se planejar. Para que os resultados sejam precisos e muito próximos da realidade, é fundamental informar o valor real do imóvel e colocar todos os demais dados de forma correta, sem mentir.

Dessa forma, com o resultado em mãos, você pode ir diretamente em uma agência da CAIXA e efetuar a contratação. Quer saber mais? Leia a seguir.

Minha Casa Minha Vida

O programa Minha Casa Minha Vida já existe há muitos anos e beneficiou centenas de famílias brasileiras que moravam de aluguel. Graças às ótimas condições ofertadas, como 35 anos para pagamento, taxas de juros pequenas e mensalidades que cabem no seu bolso, milhares de pessoas já conseguiram quitar o financiamento e hoje possuem uma casa própria.

Hoje em dia até mesmo pessoas com uma renda maior podem contratar o Minha Casa Minha Vida e financiarem a residência dos seus sonhos, aproveitando de condições únicas, de acordo com a sua renda.

Simulador Minha Casa Minha Vida

O Simulador Minha Casa Minha Vida é mais conhecido como Simulador Habitacional. Ele é disponibilizado pela Caixa Econômica na internet. Para usá-lo, você deve primeiramente informar o tipo de pessoa que é – física ou jurídica – e, em seguida, informar o tipo e a categoria do financiamento. O tipo pode ser residencial ou comercial, e a categoria irá depender do que você deseja: adquirir imóvel novo ou usado, comprar um terreno, obter materiais de construção.

Selecionando a opção de aquisição de imóvel próprio novo, você deverá informar a cidade onde o imóvel se encontra e o valor do mesmo. Caso não tenha essa informação, confira com a construtora ou imobiliária responsável. Preencha o restante do simulador com seus dados pessoais e defina os detalhes do financiamento. No fim, você poderá ver o valor total e das parcelas, assim como os juros. Caso o valor esteja dentro do que você espera, pode reunir os seus documentos e fazer a contratação na agência.

Inscrições Minha Casa Minha Vida

As inscrições para o Minha Casa Minha Vida acontecem de formas diferenciadas. As famílias que possuem uma renda de até R$1,8 mil podem se inscrever somente quando a prefeitura ou setor responsável em sua cidade anunciar a abertura do processo seletivo. Nesse caso, é o responsável familiar quem deve efetuar a inscrição, presencialmente no local indicado.

Famílias que possuem uma renda superior a R$1,8 mil podem se inscrever em qualquer época do ano, diretamente nas agências do banco. Na verdade não é uma inscrição e sim uma contratação, pois não ocorre nenhum sorteio. Você entrega seus documentos, eles passam por uma análise de crédito e de perfil e, se tudo estiver certo, o financiamento é liberado para você.

Minha Casa Minha Vida documentos necessários

Para contratar o Minha Casa Minha Vida ou se inscrever você deve ter alguns documentos em mãos. É indicado que os documentos originais estejam acompanhados das cópias.

Você deve apresentar: RG, CPF, Certidão de Nascimento ou Casamento, Carteira de Trabalho, Última declaração do Imposto de Renda, e um comprovante de renda. A lista completa dos documentos pode ser encontrada no site da CAIXA.

Renda exigida Minha Casa Minha Vida

O Minha Casa Minha Vida possui faixas de renda diferente e cada uma delas possibilita que o cidadão tenha direito a um determinado valor de subsídio e possa financiar determinados imóveis. Aqueles com renda de até R$1,8 mil apenas podem concorrer às casas populares. Os que possuírem uma renda de até R$9 mil estão aptos a contratarem o financiamento, respeitando as regras.

Recomendados para você: