Simulação de Imóvel da Caixa

A Caixa Econômica Federal (CEF) é conhecida nacionalmente pelo financiamento habitacional para imóveis, novos, usados ou em construção. Os que desejam solicitar um empréstimo para este fim devem ficar atentos a algumas mudanças feitas este ano pela instituição financeira.

Existem ainda alguns documentos necessários para análise do seu crédito para pedir o financiamento imobiliário. Por isso, confira mais informações sobre o assunto abaixo.

Caixa Construcard

Simulador Caixa Construcard

Tipos de Financiamentos Habitacionais da Caixa

A Caixa reduziu o limite máximo de empréstimo para imóveis usados que utilizam recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE). Agora, é preciso dar 50% do valor do imóvel usado e o banco só financiará o restante. As operações envolvidas são para habitações de até R$ 750 mil nos Estados de Minas Gerais (MG), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), e no Distrito Federal (DF). No restante dos Estados, o valor de R$ 650 mil.

Já as normas de financiamentos com recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e pelo programa “Minha Casa, Minha Vida”, continuam as mesmas. Como também para imóveis novos, sendo possível conseguir o financiamento de até 90% do valor do imóvel, com uma entrada de somente 10%, dependendo da renda familiar.

Taxa de Juros da Caixa

Primeiro que não existe necessariamente uma taxa de juros e sim um política de taxas que pode variar de caso para caso, ou seja, a Caixa leva em consideração vários fatores para determinar qual será a taxa de juros empregada.

Essas taxas de juros são as mesmas para qualquer tipo de empréstimo?

Não. Elas são específicas para o financiamento habitacional. Outros tipos de empréstimos normalmente usam taxas diferenciadas e geralmente mais altas, especialmente aquelas relacionadas com crédito pessoal ou então as do cheque especial que são absurdamente altas.

Seguro

A aquisição de seguros é uma das bases do planejamento financeiro. O objetivo é proteger o patrimônio construído.
Imóvel: prevê coberturas para roubo, danos elétricos, pagamento de aluguel, entre outros benefícios.
Dicas para ficar atento

O que é pago no financiamento?

  • Taxa de pesquisa cadastral, de acordo com a Tabela de Tarifas vigente;
  • Taxa de avaliação de bens recebidos em garantia;
  • Prêmio de seguro – Danos Físicos do Imóvel (DFI), exceto para terreno;
  • Imposto sobre Operações Financeiras (IOF);
  • Prestação de amortização e juros.

Como fazer a Simulação antes de Solicitar o Empréstimo

Qualquer pessoa pode acessar o link http://www.caixa.gov.br/ para fazer a Simulação Caixa Habitacional. O primeiro passo é saber quanto a pessoa pode financiar. Para isso, é preciso preencher as seguintes informações: qual a cidade que mora, qual a renda familiar e qual a data de nascimento do comprador com maior idade. Depois é só clicar na opção “Calcular”, então o simulador dará o valor máximo da prestação do financiamento, do valor do imóvel e três opções de prazo, 180, 240 e 360 meses.

Após o cálculo a simulação Caixa mostra o prazo máximo de financiamento para aquele imóvel, a cota máxima de empréstimo, o valor da entrada necessária para o financiamento e o sistema de amortização disponível. A Simulação Caixa ainda demonstra as opções de seguros, junto com as suas taxas de financiamento, os juros nominais e efetivos, o valor das prestações (a primeira e a última) e o Custo Efetivo Total do empréstimo imobiliário.

Simulação de Imóvel da Caixa

Simulação de Imóvel da Caixa

Documentos para Pedir o Empréstimo

Entre os principais documentos para se solicitar o financiamento imobiliário estão: RG, CPF, Certidão de Nascimento, Certidão Conjunta Negativa ou positiva com efeito de negativa de débitos a tributos federais e dívida ativa da união, documentos que comprovem a renda como a Declaração do Imposto de Renda ou o último Contra Cheque, Número do FGTS, se casado a certidão de casamento e os mesmos documentos do cônjuge.

Do imóvel, é necessário a Certidão atualizada de matrícula contendo registro atual e ações reais e pessoas reipersecutórias, IPTU e comprovante de recolhimento do Foro e Laudênio, se imóvel sob efeito enfitêutico.

 

Recomendados para você: